Reaproveitamento de materiais na criação de tendências mais sustentáveis

O mundo consome, hoje, cerca de 80 bilhões de novas peças todo ano, gerando 11 milhões de toneladas de resíduos têxtil apenas nos Estados Unidos. O Brasil não fica muito atrás, é o quarto maior parque produtivo de confecção do mundo e tem cerca de 9,5 milhões de trabalhares envolvidos nessa cadeia.

Inovar nas relações de trabalho, produção, modelo de negócio e consumo é essencial para a construção de uma indústria sustentável a longo prazo.

Diversas marcas brasileiras já estão aderindo a tendência e utilizando tecidos de reuso excedentes de produção, roupas doadas ou de brechó para criação de novas peças. Fora isso, plástico reciclado e borracha que sobra da indústria calçadista também estão reutilizados.

Coleção desenvolvida pela Farm em parceria com uma empresa que cria peças a partir de materiais reutilizáveis.
Colab Farm + ReRoupa

Informação interessante: em dois anos, foram reaproveitados 2100 peças de roupas, 630kg de tecidos e mil garrafas PET.

A criação de peças a partir de materiais reutilizáveis além de promover uma economia de escala, ajuda também a incentivar a economia local, gerando riqueza e trabalho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Precisa de Ajuda?
%d blogueiros gostam disto: